Ansiedade: O que fazer para Controlar?

Ansiedade: Você sabe o que fazer para reduzir os efeitos dela na sua vida?

hqdefault - Ansiedade: O que fazer para Controlar?

Um dos grandes males da vida moderna com certeza é a ansiedade. A correria, a cobrança do dia-a-dia, as expectativas e tudo mais acabam se somando e muitos de nós nos vemos tomados pelo estresse e pela ansiedade.

Um dos sintomas que podem lhe dizer se você está se sentindo dessa forma é a sua relação com a comida. Você anda comendo em excesso?

Naqueles momentos de nervosismo ou de pressão? Consumindo alimentos mais gordurosos, fast food, doces para aliviar essa pressão? Cuidado! Você provavelmente está comendo por ansiedade.

Vamos entender então porque isso acontece. Os motivos que levam uma pessoa a ficar ansiosa podem variar muito de indivíduo para indivíduo. E existem relações que envolvem o próprio funcionamento do nosso corpo, além de experiências de vida que podem guardar as chaves para esse fenômeno.

Existem pessoas que se sentem ansiosas quando estão para receber o resultado de um exame ou um teste, por exemplo. Já outras, quando vão precisar falar em público ou participar de uma reunião de trabalho mais tensa. Precisamos, portanto, saber que a ansiedade é uma reação natural do organismo.

Ela se inicia por gatilhos que variam de pessoa para pessoa. Apesar dos gatilhos para ansiedade divergirem de pessoa para pessoa. Existe uma tendência comum de descontar esse estado nos alimentos.

Isso se deve, pois nosso organismo possui mecanismos muito eficientes para associar o consumo dos alimentos a uma forma de recompensa. Nesse mecanismo de recompensa, ele é mais eficiente para alimentos ricos em carboidratos, que elevam os níveis de serotonina no cérebro.

Doces, pães e as massas são ótimas para elevar esses níveis. A serotonina é um neurotransmissor responsável pelo controle do nosso humor e vem dela a relação com a nossa sensação de bem estar, a forma inconsciente em que algumas pessoas buscam o alívio nos alimentos para a ansiedade, para o estresse e até mesmo para tristeza.

Obter alimento é visto como uma fonte de segurança e nosso organismo funciona de forma a temos prazer no ato de comer. Você já reparou que alimentos mais gordurosos como aquela picanha do churrasco também são os mais saborosos?

 

Esse sabor “extra” também faz com que algumas pessoas busquem nesses alimentos, uma forma de compensação. Eu não preciso nem dizer que alimentos que combinam gorduras e açúcares reforçam ainda mais essa sensação, daí a popularidade dos bolos, sorvetes e chocolates.

Quando estamos ansiosos, mesmo que controlemos a alimentação, acabamos tendo a tendência a engordar. Bom, isso pode até soar como desculpa de gordinho mas o fato é que quando estamos ansiosos e estressados, nosso organismo também tende a liberar maiores quantidades de adrenalina e de cortisol.

Esses hormônios, quando produzidos em excesso, podem sim levar ao acúmulo de gordura na região abdominal e também há perda de massa magra.

Agora, se você é uma pessoa ansiosa, a minha recomendação é que procure se alimentar a cada três horas. Não faça longos períodos de jejum, evite ter a seu alcance alimentos ricos em gordura, doces, guloseimas, para que caso tenha um pico de ansiedade não busque esses alimentos para controlá-la, se a sua ansiedade também for incontrolável.

Importante também é procurar ajuda psicológica. Uma dica também é praticar exercícios físicos com regularidade, principalmente os exercícios aeróbios.

Inúmeros estudos já mostraram a correlação entre a prática regular de exercícios e a melhora muito grande dos sintomas da ansiedade.

Algumas lutas marciais também são bastante recomendadas já que ajudam aliviar o estresse. E também procure um hobby e pratique esse hobby regularmente.

Ansiedade e Saúde
Ansiedade e Saúde

Ansiedade: O que fazer para Controlar?
Gostou do Post?